Os nossos terroirs

 

Vidigueira

O extenso Alentejo vitivinícola possui uma diversidade marcante nem sempre perceptível. Mas existem regiões produtoras de vinho cuja diferenciação é inegável. Nessas encontra-se certamente a Vidigueira, onde a produção de vinho tem mais 2000 anos de história.

Com um clima com fortes amplitudes térmicas na altura da maturação das uvas, um relevo marcado por pequenas encostas que a distinguem das planícies alentejanas e um solo de xisto único, inscreve uma forte marca de identidade nos vinhos produzidos, distintiva do resto do Alentejo.

É um terroir único que acentua também o carácter exclusivo de algumas das suas castas mais características.

A actividade maior da Paulo Laureano Vinus está centrada no Alentejo em torno da Vidigueira. Mas os desafios de desenhar vinhos em terroirs de excelência leva-nos a viajar por alguns dos mais emblemáticos locais vitivinícolas de Portugal.

Bucelas

Esta região faz parte das históricas regiões vitivinícolas do entorno de Lisboa. Nos vales em torno de Bucelas, as vinhas, exclusivamente de castas brancas, estão plantadas em solos de margas e calcários. Frio no Inverno e quente no Verão permite um excelente desenvolvimento das uvas, protegidas dos ventos do mar pelas encostas dos vales onde estão instaladas. Os vinhos aqui produzidos resultam de uma velha parceria com António Paneiro Pinto no seu chão do Prado.

Vinhos Verdes

Vasta região virada ao Atlântico, com solos predominantemente de granito, com um clima ameno e elevada precipitação, permite vinhos frescos e muito elegantes. As pontas de Guimarães em torno da Casa dos Infantes estendem-se as vinhas de Loureiro, a partir das quais produzimos um vinho verde em parceria com a Família Vilas Boas.

Açores

Na ilha do Pico, em currais e curraletas, numa zona plena de história, com uma influência atlântica marcante, crescem as vinhas protegidas dos ventos e do sal do mar. Um basalto que confere personalidade e identidade única dos vinhos. Com um clima ameno, muita pluviosidade e uma forte influência do local, as castas Arinto, Verdelho e Terrantez produzem brancos de fino recorte. Os vinhos que aqui se produzem resultam de uma velha parceria entre a Paulo Laureano Vinus e a Curral de Atlantis.